Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Pensamento Fantasma

Bicho Nojento

por Alma Penosa, em 27.12.16

Talvez possa chamar de "bicho nojento" este ser que cá dentro se encontra , e que de lés a lés manifesta-se em mim com vontade de escrever de vez em quando.

Talvez porque durante o dia a dia surgem em mim pensamentos que na minha cabeça ecoam, disturbam ou não. Apetece escrever, deixar uma espécie de diário que futuramente possa relembrar estes tenues desvarios , factos só meus, que por muito ridículo sejam, não deixam de fazer sentido para mim. Um fantasma é solitário. É uma afirmação minha, o que não quer dizer que não seja uma falácia. Faço eu as regras aqui foda-se.Passa portanto a ser a minha verdade. Sendo verdade, um fantasma é solitário. Sinto-me solitário. Este bicho nojento como lhe chamo, obriga-me a escreve-lo...e talvez seja um alívio. A solidão é companheira...talvez a única em que temos de abraçar para não nos perder-mos. Mas...chega de divagação. Amanhã é dia de regresso à cidade...eu que sou intrínseco da Aldeia. Recomece as preocupações, a azáfama das onomatopeias fora do quarto...o metro sombrio e o tempo que se tem que cumprir. Um 2016 filho da puta que não almeja um bom prenúncio para 2017. Por aqui vai-se aguentando. Vivendo...trabalhar para sobreviver...mas eu adoro enganar-me, e ao invés, digo viver. Um Feliz Natal a todos e boas entradas no ano que se aproxima. 2016...vai pra puta que te pariu.